Esporte Clube São Bento Sorocaba é uma organização esportiva da cidade de Sorocaba, interior do Estado de São Paulo. Possui como cores oficiais o azul, nos tons celeste, royal e marinho, e o branco. É representado pelo pássaro Azulão, como foi conhecido o clube décadas atrás. É uma tradicional equipe que durante os anos 60, 70 e 80 duelou contra os grandes times da capital. Permaneceu durante 29 anos ininterruptos na elite do futebol paulista.

Na fase amadora, havia apenas os clubes que pertenciam à Liga Paulistana e a do Interior (os torneios não eram realizados ainda pela atual Federação Paulista de Futebol).

São Bento Sorocaba

Em Sorocaba, grandes confrontos aconteciam no Campeonatos de Futebol Amador Municipal, com participações do Sorocabano, Fortaleza Clube, Savóia, Scarpa, Esporte Clube São Bento, Estrada de Ferro Sorocabana Futebol Clube, entre outros.

Com a recente reforma do Estatuto, em novembro de 2009, “aportuguesou-se” a denominação “Club”, sendo que a agremiação passou a ser chamada “Esporte Clube São Bento”. Na mesma oportunidade, as cores oficiais foram acrescidas com mais duas tonalidades, quais sejam o Azul Royal e Azul Marinho. Em 2014, o escudo foi alterado, passando a ostentar a versão portuguesa da palavra “Club”.

São Bento Sorocaba Era Profissional

Tem início o profissionalismo do clube em 1953 e o primeiro certame disputado nesta condição foi o Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 1953. O certame contou com 20 clubes participantes, divididos em 3 Séries (Grupos). A “Série 3” era formada por: Corinthians de Santo André, Paulista de Jundiaí, Jabaquara de Santos, Bragantino, São Caetano Esporte Clube, Taubaté e São Bento. O primeiro jogo oficial como profissional ocorreu em Bragança Paulista e o seu placar foi Bragantino 2 a 1 São Bento. O time na época era formado por Peter, Domingos, Moacir, Rau, Falco, Sérgio, Cicarelli, Carrega, Mário, Mané e Bernardi. Em 1962, sagrou-se campeão do Campeonato Paulista da Primeira Divisão, divisão equivalente à atual Série A2 do Campeonato Paulista, subindo, assim, para a Divisão Especial (A1). O título foi decidido contra o América de São José do Rio Preto apenas no terceiro jogo. Depois de dois empates, um em São José do Rio Preto (0 a 0) e outro em Sorocaba (1 a 1), foi realizada uma terceira partida no Estádio Municipal do Pacaembu, em São Paulo. O gol da vitória e do título – que garantiu o acesso à elite – foi marcado por Picolé, aos 12′ do 1ºT da prorrogação, fechando o placar em 2 a 1 para a equipe sorocabana. Era dia 23 de fevereiro de 1963 e o Glorioso Esquadrão Alvi-Celeste, comandado pelo técnico Capão, estava formado por Walter; Julião Odorico e Salvador; Nestor e Paulinho; Raimundinho, Cabralzinho, Picolé, Bazzaninho e Paraná.

No ano seguinte, na sua primeira participação no Campeonato Paulista da Divisão Especial (A1), ficou com a honrosa 4ª colocação (a melhor de todas na elite do futebol paulista), terminando a competição à frente de Corinthians e Portuguesa.

São Bento Sorocaba Era de Glórias

A virada do milênio marcou uma nova era no Esporte Clube São Bento. Logo no primeiro ano da década, em 2001,com o departamento de futebol administrado e patrocinado pelo empresário Oliveira Júnior , conquistou a Série A3 diante do Jaboticabal Atlético , em Jaboticabal, com uma rodada de antecedência. Encerrou o Campeonato confirmando o título da Série A3, batendo a equipe do União Mogi das Cruzes Futebol Clube em Sorocaba diante de sua grande e fanática torcida.

O ano seguinte foi agitado nos bastidores. Isto porque, em 11 de dezembro de 2001, o empresário José Rubens Abramosviz venceu a eleição para a presidência do clube. Porém, um mês e sete dias depois, alegando motivos particulares, solicitou a sua demissão do cargo. Assim, de acordo com o Estatuto do clube, o posto foi assumido interinamente pelo presidente do Conselho Deliberativo, Sílton Luis Gastardelli Vieira. Em maio de 2002, foi montado um colegiado para a administração do clube, formado por Oswaldo Daniel, os advogados David Ferrari Júnior e Cláudio Jesus de Almeida, além do próprio presidente interino. A ideia era que os quatro nomes se alternassem na presidência do clube a cada dois anos, totalizando oito anos de poder do grupo. Este foi o chamado Projeto Oito Anos.

Foi envolto desta situação que o advogado David Ferarri Jr. assumiu a presidência em 19 de julho de 2002. Sob sua administração, além de disputar a Série A2, o clube sorocabano repetiu a boa campanha de 2001 e chegou à decisão da região oeste da Copa Futebol do Interior, atual Copa Paulista de Futebol, no dia 7 de dezembro de 2002. O título foi garantido através do empate por 0 a 0 contra o Jaboticabal, com base na vantagem de pontos conquistada na primeira fase em relação ao adversário.

Porém, em que pese os bons resultados em campo, a vida do São Bento nos bastidores continuava quente. Em agosto de 2002, após uma entrevista na rádio dada pelo presidente David Ferrari Jr., o então membro do colegiado, Sílton Luis Gastardelli Vieira pediu o afastamento das suas funções. Já em outubro, foi a vez de Oswaldo Daniel afastar-se do colegiado, alegando incompatibilidade administrativa. A eleição de dezembro foi marcada pelo embate entre o então presidente David Ferrari Jr. e o agora candidato da oposição Silton Luís Gastardelli Vieira. No fim, o candidato da oposição saiu-se vencedor.





No ano seguinte, em 2003, o advogado David Ferrari Jr. novamente candidatou-se à presidência do clube. Desta vez, bateu o seu concorrente Silton e tornou-se, pela segunda vez, presidente do São Bento. Colaborou para o resultado a contestada administração de Silton Luís Gastardelli Vieira. o advogado David Ferrari Jr. permaneceria na presidência por três anos consecutivos, findando o mandato em 2006, após pedido de renúncia motivado por um forte desgaste com a imprensa e torcida.

Em 2005, ainda sob o comando de Carlos Rabello o São Bento obteve a volta para a principal divisão após uma épica batalha diante do Noroeste de Bauru, conquistando assim o direito de disputar o Campeonato Paulista Série A1 de 2006. Depois de 14 anos afastado da Elite, o Esporte Clube São Bento terminaria a competição do ano seguinte em 11° lugar.

São Bento Sorocaba Mascote

O Tira-Prosa, um pássaro azulão, é o mascote oficial do Esporte Clube São Bento. Sua denominação remete àquele que é valentão. No apogeu do cartonismo de mascotes de clubes de futebol, na década de 1980, o Tira-Prosa já era associado à equipe beneditina. No ano de 2013, a Diretoria do clube criou o mascote que anima todos os jogos em Sorocaba.

São Bento Sorocaba Escudo

O primeiro distintivo do Esporte Clube São Bento surgiu em meados da década de 1920.  Antes disso, os uniformes do clube não carregavam escudo ou número nas costas, pratica bastante comum à época. A primeira versão do escudo consistia em um brasão azul, com as iniciais “ECSB” dentro de um círculo branco. Na década seguinte, o desenho do brasão foi reformulado, tendo permanecido o círculo branco com as iniciais da agremiação, sendo modificada pontualmente por outras duas versões. Quando da profissionalização, na década de 50, as letras, que antes estavam separadas, se juntam para formar o desenho conhecido atualmente. Ato contínuo, veio a inscrição com o nome do clube e da cidade de Sorocaba. Vale dizer que a primeira versão do atual formato tinha as cores invertidas: fundo azul e letras brancas. Foi apenas na década de 1980 que o distintivo tomou a forma que hoje conhecemos, com o escudo constituído por dois círculos concêntricos de tamanhos diferentes, entre os círculos a inscrição com o nome “Esporte Club S. Bento”, na parte inferior central o nome da cidade Sorocaba e no centro dos círculos, em logotipo, as iniciais ECSB. No ano de 2014, através de deliberação da Assembleia Geral, convencionou-se alterar alguns detalhes do escudo oficial: 1) O antigo “Club”, última remanescência da grafia original do Azulão, deu lugar ao aportuguesado “Clube”; 2) A fonte usada em “Esporte Clube São Bento” e “Sorocaba” está maior, fazendo com que as palavras avancem um pouco mais em direção à borda; 3) Alteração do monograma (agora, o “E” abraça o “C”, que por sua vez deita abaixo do “S”, que leva consigo na parte de baixo a segunda bolinha do “B”); 4) O “São” não está mais abreviado com um mero “S.”.

Horário de Funcionamento São Bento em Sorocaba

  • Segunda a Sexta das 08h às 18h

Endereço e Telefone São Bento em Sorocaba

  • Rua Comendador Hélio Monzoni, 260 – Sorocaba – SP
  • Telefone: (15) 3329-3507

Outras informações e site

Mapa de localização

São Bento Sorocaba
5 (100%) 1 voto[s]